Blog Multitempo

Multitempo participou no 1º “Freguesia em Rede”

7/set/2017 16:05:00 / by Francisco Paquete

Francisco Paquete

A Multitempo participou no 1o Frequesia em rede Multitempo.jpg 

A Junta de Freguesia da União das Freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela, uma das freguesias nacionais com o maior número de habitantes, organizou a 1ª edição do projeto "Freguesia em Rede", uma iniciativa inovadora que decorreu em três fases.

A 28 de Abril, realizou-se o "lgnite @Freguesia em Rede - Um salto para a Empregabilidade e o Empreendedorismo", no mês seguinte, a 18 de Maio, a "Feira de Emprego e Mentoring" e, atravessando Maio e Junho, o "Open Day", um momento em que as empresas abriram as portas à comunidade.

O que é o "Freguesia em Rede"? Trata-se de um projeto que pretende envolver todos os agentes que trabalham de forma ativa na freguesia, a comunidade escolar, a população e a comunidade empresarial, tendo em vista estimular a massa critica e criativa e, desta forma, operar uma alteração no contexto social local, criando novas comunidades, novas dinâmicas. Uma iniciativa da União das Freguesias em parceria com a "Histórias Partilhadas". Nuno Leitão, Presidente da União das Freguesias, sintetizou a ideia: "Este projecto sai de uma ideia mais global que era a criação de um Observatório de Desenvolvimento Local Para se chegar lá, havia que realizar um conjunto de ações concretas e foram essas iniciativas que tiveram lugar em três momentos, que forma impulsionadas no âmbito do freguesia em rede". No "Ignite" estiveram no centro das decisões as pessoas, descobrir onde estão e o que estão a fazer, numa lógica de abrir novos horizontes e conhecimentos em termos de empregabilidade e de empreendedorismo.

Um segundo momento, decorreu com a "Feira de Emprego e Mentoring", que se efetivou na Casa da Cultura, em Santa Iria de Azóia, um espaço onde se juntaram empresas, entidades formadoras, empresas de recrutamento e a comunidade local. Algumas das entidades presentes foram a Multitempo, Eurofirms, Nucliforma, Cenfic, CAF, SACE (Serviço de Apoio à Criação de Empresas e Emprego) da Câmara Municipal de Loures, Agrupamento de Escolas de Santa Iria de Azóia, Copam, Earth Consulteis, Inovinter, entre outras. A "Feira de Emprego e Mentoring" destinou-se a quem procura emprego, a quem tivesse alguma ideia de negócio e que precisava de orientação. Foi a primeira do género que teve lugar no âmbito da nova freguesia, com uma elevada participação. "Por exemplo, o contado de pessoas que estão desempregadas com orientadores da área da formação, permite valorizar e mostrar a essas pessoas que se fechou uma etapa da sua vida e agora é possível abrir uma outra etapa", acrescentou o autarca. O terceiro momento, o "Open Day" é, no fundo, "o abrir novas janelas, conhecera novas realidades no âmbito das empresas da freguesia".

De referir que um dos setores que mereceu uma atenção especial foram os jovens, sensibilizados através das escolas; aos quais foram dados a conhecer alguns passos para o mundo do trabalho, com o qual se terão de confrontar mais tarde ou mais cedo, e foram pedidas sugestões e/ou propostas para melhorar os seus percursos escolares. Neste âmbito, destacamos a apresentação feita, no dia 18 de Maio, por quatro alunos, intitulada "Proposta M" - "M" de Mobilidade. Na "Feira de Emprego" teve lugar uma situação interessante, pois uma pessoa conseguiu o seu trabalho. Para Nuno Leitão o essencial, porém, é as perspetivas que se abrem a partir de agora, nomeadamente sensibilizando as empresas para aceitarem pessoas da freguesia, até porque isso ajuda na fixação da população".

in “Loures Magazine”

Topics: Gestão de RH, Multitempo, Trabalho Temporário

Francisco Paquete

Written by Francisco Paquete

Francisco Paquete, Assistente de Marketing Grupo RHmais.