Blog Multitempo

Isabel Borges em entrevista ao jornal Vida Económica

9/jun/2017 17:03:00 / by Isabel Borges

Isabel Borges

Entrevista Dra. Isabel Borges_Multitempo.jpg

“A Multitempo, empresa do Grupo RHmais, alcançou em 2016 um crescimento de vendas de 21%, face ao ano anterior. Este resultado deve-se ao forte crescimento do número de postos de trabalho criados, tendo-se verificado 6133 novas ofertas de emprego, o que representa um aumento na criação de emprego na ordem dos 10%, face a 2015.

Os resultados alcançados no último ano “são fruto da estratégia comercial” adotada pela empresa e que assenta em três vetores, nomeadamente “na importância do serviço prestado, na leitura correta das necessidades do cliente, e, por fi m, na procura do máximo no grau de satisfação do candidato que nos procura, numa perspetiva ‘win-win’”, adianta à “Vida Económica” Isabel Borges, diretora-geral da Multitempo.

A responsável destaca ainda que, para este ano, a Multitempo pretende continuar a “apostar no crescimento e, paralelamente, consolidar a excelente relação de confiança na gestão de cerca de 280 clientes a nível nacional, com o intuito de trabalhar “side-by-side” as suas operações”. Para isso, acrescenta Isabel Borges, “o maior desafio será o de conhecer muito bem o perfil geracional dos candidatos e trabalhadores, antecipando as necessidades e valores da próxima geração que ingressará no mercado. Este é um dos passos fundamentais que teremos que dar para aumentar a eficácia do recrutamento, a produtividade e o sucesso das organizações nossas clientes”.

Questionada pela ‘Vida Económica’ sobre o que é mais urgente fazer para a dinamização da atividade económica nacional em 2017, a responsável adianta que os “nossos governantes finalmente começaram agora a fazer a correta avaliação e integração das necessidades das empresas no que ao mercado de trabalho diz respeito”. Esta atitude permitiu, de alguma forma, “criar condições para a retoma do crescimento. As exportações aumentaram, permitindo não só a manutenção como também a criação de novos postos de trabalho”.

Ainda assim, tudo ficaria ainda melhor se Portugal “agilizasse a atual legislação de trabalho”. Para além disso, salienta a diretora geral da Multitempo, torna-se “igualmente urgente a aproximação dos organismos públicos às realidades empresariais, pois diariamente as empresas lidam com o cumprimento de leis desajustadas ao desenvolvimento da sua própria atividade. O setor público tem ainda esse caminho de cooperação para fazer, no sentido de fortalecer o tecido empresarial do nosso país”.”

in Vida Económica, 26 de Maio de 2017

Topics: Multitempo

Isabel Borges

Written by Isabel Borges

Diretora Geral da Multitempo